Radar Anticorrupção: servidores passam por capacitação para elaboração do Programa de Integridade

Controlador Geral do Estado – Wagner Rosário

Com a finalidade de prestar orientações e diretrizes para a construção e implementação dos Programas de Integridade nos órgãos e entidades da Administração direta e autárquica do Governo do Estado de São Paulo, a Controladoria Geral do Estado realizou na terça-feira (08), a primeira “Capacitação para Elaboração do Programa de Integridade” aos membros das Unidades de Gestão de Integridade (UGIs) de 58 secretarias, autarquias e fundações do governo paulista.

O evento foi aberto pelo Controlador Geral do Estado Executivo, Dr. Roberto Cesar de Oliveira Viegas, pelo Chefe de Gabinete, Daniel da Silva Lima, e pela Coordenadora de Controle Estratégico e Promoção de Integridade, Fabiana Ribeiro Nogueira, que deram as boas-vindas e enfatizaram a importância do trabalho dos membros das UGIs e do comprometimento da alta administração dos respectivos órgãos para o fomento da cultura de integridade no Estado.

No período da tarde, a capacitação contou ainda com a presença do Controlador Geral do Estado, Dr. Wagner de Campos Rosário, afirmando que o desafio atual é “criar controles efetivos, mas que não inviabilizem a administração pública”. Rosário ainda acrescentou a importância da efetividade dos sistemas de controle: “Há controle que não é efetivo e só causa burocracia. O desafio é pensar um sistema com controles que prejudiquem o mínimo possível o trabalho dos colegas e que tragam resultado no combate à corrupção, para que o Estado de São Paulo cresça nesse processo e que a gente seja reconhecido como uma administração pública íntegra”, concluiu.

No evento realizado na última quinta (8), os funcionários públicos assistiram a uma breve apresentação sobre o programa de integridade, feita pela Diretora do Departamento de Transparência Ativa e Promoção de Integridade, Mônica Galvonas Apuzzo Miyaura. Os servidores foram apresentados a conceitos básicos que envolvem o tema e aos resultados de uma pesquisa realizada pela CGE com todos os servidores públicos estaduais sobre integridade pública.

Já no segundo período, houve uma apresentação sobre gestão de riscos à integridade, feita pelo Diretor Substituto do Departamento de Gestão de Riscos e Controle Estratégico, Gustavo Henrique Meireles Urbina, seguida de oficina com estudo de caso para colocar em prática a identificação, a avaliação e o tratamento de riscos para a integridade.

O que é o Radar Anticorrupção?

O Radar Anticorrupção está estruturado como um programa com mais de 80 medidas que serão adotadas pelo Governo do Estado entre 2023 e 2026. A criação do programa atende o compromisso assumido pelo governador Tarcísio de Freitas para oferecer mais integridade e transparência à gestão estadual e criar diretrizes permanentes de compliance – conjunto de normas legais e éticas, além de regulamentos de governança – para a administração paulista.

Este órgão ou entidade não realiza Audiência e Consulta Pública

This will close in 0 seconds